terça-feira, 20 de abril de 2010

Dilma e o marketing

Tenho ouvido diversas vezes que o marketing transformou Dilma. Uns elogiando, outros criticando, mas existe uma percepção de que ela foi de certa forma pasteurizada pelos marqueteiros.
Ontem pude acompanhar um pouco do bate-papo com ela na inauguração do seu site.
Era ela mesmo.
Não tinha trucagem, nem cortes. Um pesadelo para qualquer marqueteiro. Ela exposta, à vontade, sem interferências ou filtros.
E muito segura.
Tenho visto que ao contrário do que prega o senso comum, Dilma não foi mudada pelo marketing.
Dilma está sendo é descoberta pelo público. Sua competência já era conhecida, mas sua humanidade, seu humor e sua alegria são novidades para os que a viam apenas como "mãe do PAC".
Eu já havia conhecido sua sinceridade cortante no trato com empresários e com os movimentos sociais, confesso que também estou surpreso com ela.
Como me disse uma grande amiga, que conhece os meandros da política nacional, "ela está se libertando do papel de bastidores e isso está lhe fazendo muito bem".
Na minha modesta opinião, quando ela e Serra se mostrarem mesmo, nem o Datafolha vai conseguir distorcer a realidade, embora eles estejam se empenhando cada vez mais.

Um comentário:

  1. walter sorrentinop20 de abril de 2010 19:11

    Ou no lugar certo na hora errada. Ou ainda, como neste caso, hora e lugar certíssimos. Abração

    ResponderExcluir